Poema – As palavras sempre ficam


“Se me disseres que me amas, acreditarei. Mas se me escreveres que me amas, acreditarei ainda mais. Se me falares da tua saudade, entenderei. Mas se escreveres sobre ela, eu a sentirei junto contigo. Se a tristeza vier a te consumir e me contares, eu saberei. Mas se a descreveres no papel, o seu peso será menor.” … e assim…

Leia Mais »

Text – I’m Pedro


Read the dialog. 1) Check the correct alternative. a) (    ) Pedro e Anita já se conhecem. b) (    ) Pedro apresenta a professora Anita. c) (    ) Ms. Mendes e Anita já se conhecem. d) (    ) Oscar é professor de Pedro. e) (    ) Anita apresenta Oscar a Pedro. 2) Look and complete…

Leia Mais »

Poema Rua dos Cataventos II


1) Leia o poema abaixo. Rua dos Cataventos II Dorme, ruazinha… É tudo escuro… E os meus passos, quem é que pode ouvi-los? Dorme o teu sono sossegado e puro, Com teus lampiões, com teus jardins tranquilos… Dorme… Não há ladrões, eu te asseguro… Nem guardas para acaso persegui-los… Na noite alta, como sobre um muro, As estrelinhas cantam como…

Leia Mais »

Texto – Anúncio


Observe a imagem abaixo. 1) O que você vê nessa imagem? 2) Qual é o objetivo desse texto? 3) Quem é o leitor esperado do texto? 4) Quem seria o responsável pelo texto? 5) Qual é o nome dado a esse tipo de texto? 6) Onde você acredita que poderia “dar de cara” com um texto como esse? Respostas 1)…

Leia Mais »

Text – Tarsila do Amaral


Tarsila do Amaral She was born in Capivari, São Paulo, 1886; died in São Paulo, 1973. She was a painter and draftswoman. 1916 Studied sculpture in São Paulo. 1917 Took painting and drawing classes with Pedro Alexandrino; met Anita Malfatti. 1920 Went to Paris. 1922 Returned to São Paulo and formed the Grupo dos Cinco (Group of Five) with Anita…

Leia Mais »

Um pouco de ortografia – X e Ch


Pronuncie em voz alta a frase intensificando os sons das sílabas em destaque: A bruxa mexeu no caldeirão com uma concha e encheu duas xícaras com chá. Você notou alguma diferença no som do x e do ch? Provavelmente não porque o som é o mesmo; a escrita que é diferente. Regras do X 1) Depois de ditongos (duas vogais pertencentes…

Leia Mais »

Desenho – Super-herói / Super-heroína


Desenhar é uma espécie de mágica. Com um lápis (a sua varinha mágica) você é capaz de fazer aparecer num papel em branco, um ser, um objeto, um lugar. Algo que até agora não existia, de repente, passa a existir sobre o papel! É ou não é um tipo de magia? Você vai criar um (a) personagem (a)  para ser…

Leia Mais »

Criatividade e expressão – História em quadrinhos


É fácil criar uma história em quadrinhos. É preciso apenas lembrar de alguns detalhes importantes:     Experimente criar a sua própria história em quadrinhos. Escolha uma das opções: • Invente uma aventura para o seu (a) personagem. • Escolha um (a) personagem de que você goste e crie uma nova aventura para ele (a). • Lembre-se de uma história…

Leia Mais »

Poema – Da mais alta janela


    De todas as artes que trabalham com a palavra, a poesia é a que mais toca no fundo do ser humano. Talvez porque uma poesia não é como um texto que diz as coisas concreta e explicitamente. Nos poemas podemos “viajar”, encontrar vários significados, deixar nossas emoções tomem o comando.     Neste poema, você vai perceber como…

Leia Mais »

A dança ao longo do tempo


A dança é uma forma de expressão e de comunicação que acompanha a vida dos seres humanos ao longo de sua história, desde os rituais dos povos mais antigos, as comemorações de acontecimentos sociais e religiosos até as festas tradicionais e populares dos dias de hoje. No Egito, o povo dançava em homenagem a seus deuses e faraós. Os faraós…

Leia Mais »
Está com dúvidas ou precisando de ajuda?

Entre em contato será um prazer te ajudar!