Texto publicitário

Publicidade: uma forma de persuadir
No mundo altamente competitivo em que vivemos, tentar formar ou mudar a opinião do outro é uma prática constante. A intenção de persuadir está presente em quase todos os tipos de discurso, mesmo que de maneira não explícita.
Desde a escolha das palavras até a organização do texto, são inúmeros os recursos para a produção dos discurso persuasivo.
O texto publicitário é bastante representativo do discurso persuasivo. Por meio das mais diferentes estratégias argumentativas, a publicidade, de modo geral, busca pré-dispor o leitor ao consumo.
Estudo do Texto
Leia a tira abaixo.
1) Qual é o produto cujo anúncio chama atenção de Calvin?
2) Em qual portador foi veiculado o anúncio?
3) Qual é a ideia que a marca traz para o produto?
4) Transcreva a frase lida por Calvin que é empregada no anúncio como argumento para convencer o consumidor.
5) Que desejo do consumidor o produto anunciado promete satisfazer?
6) Na tira, que frase indica que o anúncio pode criar necessidade de consumir o produto?
7) Na sua opinião, é comum alguém se sentir “poderoso ou poderosa” por consumir determinado produto?
Imagine que agora é você quem está folheando uma revista e encontra um texto como o que vem reproduzido a seguir.
É comum encontrar em revistas um texto com essa forma: sem parágrafo, sem ilustração, escrito com letras brancas sobre o fundo escuro?
Para descobrir o porquê desse tratamento gráfico, vamos ler o texto.
E então? Descobriu por que o anúncio na revista foi feito dessa forma?
O texto continua abaixo.

Professor (a): O objetivo da atividade é estimular comentários sobre as primeiras impressões que essa sequência de texto e imagens causou. É importante dar oportunidade a cada aluno falar o que pensa ou sente explorando o lado subjetivo do leitor: sensações, impressões dentre outros.
8) Qual foi sua impressão ao ler esse texto? Por quê?
9) Na sua opinião, com que intenção esse texto foi publicado numa revista?
10) Qual é o provável público-alvo ou destinatário desse anúncio?
11) A primeira frase do texto traz uma afirmação seguida de uma negação: “Dizem que a vida é curta, mas não é verdade…”
Qual é o sujeito dessa oração?
12) Para justificar que a vida é longa, a explicação dada é: “A vida é longa para quem consegue viver pequenas felicidades.”
Na sua opinião, o que são pequenas felicidades?
13) O texto diz que, às vezes, não percebemos a felicidade. Segundo o texto
a) Qual é a causa de não percebermos a felicidade?
b) Qual é a consequência de não percebermos a felicidade?
14) O texto dá os seguintes exemplos de nãos em nossa vida: não fizemos a viagem, não demos o presente, não fomos à festa, não vivemos o amor, não sentimos o perfume.
Se você pensasse sobre o que não fez na vida, que outros nãos você acrescentaria a essa lista?
15) Para mostrar em que situações a vida é emocionante, usa-se no texto o recurso de estabelecer oposições pela negação.
Explique cada oposição.
a) ator e não espectador –
b) piloto e não passageiro –
c) pássaro e não paisagem –
d) cavaleiro e não montaria –
◊ Portanto,  de acordo com o texto, em que situações a vida é mais emocionante?
16) Segundo o texto, por que a vida não deve ser medida em anos ou meses?
17) Ainda de acordo com o texto, para quem a vida é
a) curta?
b) longa?
c) emocionante?
18) Por que o autor finaliza o texto concluindo que “a vida é agora”?

Observe novamente as três imagens que aparecem no anúncio nas páginas subsequentes à do texto verbal.
1) Que elemento da natureza é destacado em cada imagem?
2) Relacione as frases a seguir com as imagens.
a) Sensação de beleza, de delicadeza, de explosão de vida.
b) Sensação de melancolia ou tristeza –
c) Sensação de força, de passado, de aconchego, de calor –
3) A ordem de apresentação das imagens é intencional. marque a alternativa correta que indica a intenção da escolha de focalização dos objetos fotografados.
a) Manter todos os objetos distantes do leitor.
b) Manter todos os objetos muito próximos do leitor.
c) Partir de uma focalização mais distante e aproximar gradualmente o objeto do leitor.
d) Partir de uma focalização mais próxima e afastar gradualmente o objeto do leitor.
LEITURA DO TEXTO VERBAL EM CADA IMAGEM
Em cada uma das imagens há um texto verbal. Releia-os.
Texto A
” Veneza desaparece 1 cm por ano.
Isto significa 1 cm a menos de Veneza a cada 365 dias.”
Texto B
“Hoje o Central Park está assim.
Amanhã mais 15000 folhas terão caído.”
Texto C
“Neste mês, você encontra tulipas nas floriculturas.
No mês que vem, talvez não.”
1) Indique a sensação que cada texto pode despertar.
a) Sensação de impotência, apesar da possibilidade de renovação da natureza.
b) Sensação de tristeza e impotência diante da destruição inevitável.
c) Sensação de urgência de ação, vontade de fazer alguma coisa rapidamente.
2) Relacione cada um dos textos com a alternativa que resume o que foi expresso.
a) O caráter incontrolável das forças da natureza.
b) A raridade, a fragilidade do que é cultivado pelo homem.
c) Os ciclos da natureza.
3) Comparando os três textos, pode-se afirmar que os dois primeiros apenas constatam fatos. O terceiro texto é diferente. Explique qual é a diferença.
4) Releia a frase: “Esta mensagem da Visa é um tributo ao tempo”.
Faça um levantamento das marcas de tempo que aparecem sob vários aspectos nos textos do anúncio e transcreva-os.
a) Tempo verbal predominante –
b) Medidas de tempo –
5) Analise o levantamento feito e responda:
Que tempo é enfatizado nesse tributo: o presente, o passado ou o futuro?
6) Transcreva a frase do texto que comprova a intenção de destacar esse tempo.
7) Geralmente um texto publicitário tem a intenção de vender um produto.
a) Que produto esse texto tem a intenção de vender?
b) O produto foi apresentado ao leitor da revista diretamente ou indiretamente? Explique.
8) O texto publicitário lido procura convencer o leitor de uma ideia que está explícita (expressa claramente) para que ele a relacione com um produto que fica implícito (não expresso claramente).
a) Qual é essa ideia explícita?
b) Explique a relação entre essa ideia e o produto que está implícito.
Respostas
1) Chiclete Hiperbola.
2) Em uma revista.
3) A marca Hiperbola traz em si uma suposta qualidade do produto que seria fazer bolas muito grandes . A escolha desse nome apresenta uma característica da publicidade, que é mostrar a superioridade de um produto em relação aos concorrentes.
4) “Se você não está mascando Hiperbola, está  regurgitando.”
5) Ser poderoso.
6) “Se a sua felicidade depende de satisfazer uma necessidade que você não tinha até ler um anúncio, vai fundo.”
7) Resposta pessoal.
Professor (a): Se possível, levantar com os alunos anúncios publicitários que vinculam ao produto a ideia de poder e força, como é o caso na publicidade de alimentos, de carros, de celulares…
8) Resposta pessoal.
9) Professor(a): O objetivo da questão é estimular o levantamento e a troca de hipóteses.
10) São os leitores de classe média alta porque compram revistas, flores raras e podem viajar ao exterior.
11) Indeterminado.
12) Resposta pessoal.
13)
a) Porque ela “anda por aí, disfarçada como uma criança traquina brincando de esconde-esconde.”
b) “Passamos nossa existência colecionando nãos.”
14) Resposta pessoal.
15)
a) O ator atua e o espectador assiste.
b) O piloto tem o controle da máquina e o passageiro é passivo, inerte.
c) o pássaro voa e a paisagem é estática, parada.
d) O cavaleiro controla e a montaria é controlada.
◊ Quando agimos e temos o controle e não quando nos deixamos levar, quando somos passivos e controlados por outros.
16) Porque ela é feita de instantes, de momentos.
17)
a) Para a maioria das pessoas.
b) Para quem consegue viver pequenas felicidades.
c) Para quem age e tem o controle sobre a situação.
18) Porque agora pode ser o instante emocionante (curto ou longo) dependendo de como vivemos a vida.
LEITURA DE IMAGENS
1)
A) A água.
B) A terra.
C) As flores.
2)
a) Imagem C.
b) Imagem A.
c) Imagem B.
3) C
LEITURA DO TEXTO VERBAL EM CADA IMAGEM
1)
a) Texto B.
b) Texto A.
c) Texto C.
2)
a) Texto A.
b) Texto C.
c) Textos B e C.
3) O terceiro texto além de constatar um fato “(Neste mês, você encontra tulipas nas floriculturas.”), introduz uma dúvida marcada pelo uso do advérbio talvez.
4)
a) Presente (é, anda, precebemos, desaparece, significa…).
b) Texto de abertura: instantes, anos, meses, minutos, segundos, passado, futuro, agora); texto A (por ano, a cada 365 dias); texto B (hoje, amanhã) e texto C (neste mês, no mês que vem).
5) O tempo presente.
6) “Porque a vida é agora.”
7)
a) Um determinado cartão de crédito.
b) Foi apresentado indiretamente porque ao longo do texto não é mencionado o produto.
8) Para melhor aproveitar as coisas que o tempo presente oferece, o leitor (destinário da mensagem publicitária) precisaria ter um cartão de crédito. É possível entender que, com base no fato de o cartão de crédito possibilitar a compra imediata para pagamento posterior, o anúncio tenta convencer o leitor a ceder aos impulsos imediatos de consumo afirmando que isso é a felicidade.

No Comments

Faça um comentário

Está com dúvidas ou precisando de ajuda?

Entre em contato será um prazer te ajudar!